Facebook
Email
Facebook
Email
Nova Playlist

NOS Discos

Ana Cláudia
De Outono
2014
Tracklist
  1. Colher de Chá
  2. Bailarina
  3. João e o Pé de Feijão
  4. Riso
  5. Outro Caminho
“Na categoria das coisas mais valiosas, há duas que são cruciais: o tempo e a memória. O tempo é irrecuperável. A memória persiste até ficar.
 
Mas vamos ao que interessa. A doce voz da Ana Cláudia é o baloiço de madeira em canções de qualidade ímpar com letras de quem não finge sentir. Estamos perante uma monstruosa lição de canto para qualquer um de nós, e com a produção desarmante do Ben Monteiro, ‘De Outono’ aperalta-se para preencher o lugar que há muito o aguardava. Aqui não há margem para discussões sobre gostos ou apreciações. Aqui não é dada sequer a hipótese a uma outra margem. Só há espaço para entrar, despir tudo e contemplar a brilhante atmosfera para onde somos transportados a cada pulsação de avanço, como um rio que transborda todas as memórias que merecem estar à tona.
 
‘De Outono’ é seguramente o disco pop mais certeiro que uma voz feminina ameaça lançar desde o princípio da década de noventa. Esta é uma entrada a pés juntos no panorama musical português. O que faz falta já não é animar a malta. O que faz falta são os discos únicos. E, em passo calmo, é isso que a vertiginosa Ana acaba de conseguir. Sorrindo, pode esperar de si tudo o que bem quiser ser. O mundo agora já pode fechar. Ouvimos e tombamos de uma pequena árvore como uma folha de Outono que voa, levanta, poisa, levanta, esvoaça, voa, sobe e sobe, torna a poisar. Podem as gentes insensíveis tentar calcá-la mas será para sempre o que foi: a mais bonita folha de Outono a rodar como um pião no coração.”
 
Pedro de Tróia

A Ana Cláudia poderia ter sido bailarina ou actriz, mas a música falou mais alto e licenciou-se em Jazz pela Escola Superior de Música de Lisboa. Desde então, tem sido presença assídua em várias formações musicais ligadas às raízes tradicionais portuguesas e ao Jazz, compondo as suas próprias músicas nos intervalos. Se lhe perguntarem que músicas são essas, dirá que canta coisas bonitas (muito bonitas) em português.
 
Um ano depois de ter integrado a colectânea Novos Talentos Fnac com o tema “O Caminho Dela”, a Ana Cláudia gravou uma versão de “João e o Pé de Feijão”, do brasileiro Cícero, que espelha parte da sonoridade do álbum com que se vai estrear em nome próprio, pela NOS Discos, no dia 20 de Outubro. “Riso” é o primeiro avanço de “De Outono”. Na página de Facebook da Ana Cláudia pode ler-se que o Outono “É a estação das colheitas e dos inícios. De pegar nos frutos maduros e saboreá-los ao som das folhas que começam a cair. Este Outono vai ser especial. Mal posso esperar!” Está lançado o mote. 

Produção, Gravação e Mistura

Ben Monteiro

Todos os instrumentos e arranjos

Ana Cláudia e Ben Monteiro

Contrabaixo em ‘Colher de Chá’ e ‘Bailarina’

António Quintino

Masterização

Miguel Ferrador
 

Autorias

“Colher de Chá” – poema de Liliana Baptista, música de Ana Cláudia
“Bailarina” – letra e música de Ana Cláudia
“João e o Pé de Feijão” – letra e música de Cícero Rosa Lins
“Riso” – letra e música de Ana Cláudia e Ben Monteiro
“Outro Caminho” – letra de Ana Cláudia, música de Ana Cláudia e Ben Monteiro
 

Fotografia

Teresa Q

Design

ILMS

Management

Azul de Tróia

Agradecimentos

Ben, pela tua visão e por teres querido partilhar o teu dom e o teu talento com a minha música. Eternamente grata por isso e por tudo o resto!
Margarida, António e David, por tornarem a minha música real. É um privilégio partilhar o palco e a vida com vocês. Diogo Almeida e Pedro de Tróia (Azul de Tróia), Tiago Pereira e Henrique Amaro, por acreditarem à primeira música. Alex d’Alva Teixeira e Diogo Piçarra, por me terem emprestado um bocadinho dos vossos vozeirões. Liliana Baptista pelo poema que inspirou uma canção. Teresa Queirós, pelo olho mágico que se traduz em fotografias incríveis!
Mãe e Pai, por sempre me terem dado espaço e tempo para que eu pudesse descobrir o meu caminho, pelo amor e apoio incondicional. Amo-vos infinitamente!
André, Marta, Nélia, Carol e Marta, e toda a minha família e amigos, por me acompanharem de perto e de longe e por serem os meus maiores fãs :)
Laura, por alargares o meu coração a uma dimensão que eu ainda não conhecia.
Elisa, pela força, pela fé e por nunca desistires.
Rui, por cuidares de mim e de todas as minhas coisas, da minha vida e do meu coração.
Inês Sousa, Ângela Maria, Mariana Vences, Sara Badalo, Maria Inês, Paulo Santo, Martim Torres, minhas Tucanas “guerreiras de pé descalço”, Radio Royale, Joana Machado e Maria João, Cícero, Mallu e Marcelo, pela inspiração, apoio e por me ensinarem tantas coisas.
Agradeço a Deus por todos os momentos, desvios e pessoas que me trouxeram até aqui.